Encontro de Psicomotricidade Alternativa

Durante a manhã e tarde de quinta-feira (15) a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Lajeado (Apae) realizou o Encontro Regional de Psicomotricidade Alternativa para os professores de educação física e alunos das Apaes do 8º Conselho, que fazem parte das cidades de Lajeado, Cruzeiro do Sul, Encantado, Venâncio Aires, Arvorezinha, Teutônia, Bom Retiro do Sul, Taquari e Estrela. O encontro buscou instrumentalizar os educadores para que possam auxiliar no desenvolvimento e correção da coordenação motora corporal com relação ao mundo interno e externo, através de atividades estáticas e dinâmicas.


O educador físico da Apae, Rogério Worm, conhecido como Farelo, conta que há três anos desenvolve as atividades com as turmas da instituição. O professor afirma que começou a ter novas ideias quando assistiu vídeos do youtube que se chamavam Minute games. “Queremos que nossos alunos desenvolvam a coordenação motora através da motricidade fina e ampla. Fui criando as atividades com materiais recicláveis e buscando maiores ideias”. Nos últimos meses despertou no professor o desejo de compartilhar o trabalho desenvolvido com os colegas da região, para que mais crianças e jovens tenham benefícios. Atualmente o professor tem um horário com cada turma por semana.


A professora da Apae, Mariana Becker, destaca que percebe grande desenvolvimento nos alunos. “Após as aulas de psicomotricidade eles passaram a ter mais atenção, memória, força, flexibilidade, equilíbrio, motivação e autoestima. Trabalhamos em cima das potencialidades de cada um”. Conforme a professora, a psicomotricidade complementa o trabalho já realizado em sala de aula quando seguem trabalhando a paciência, o dinamismo e o trabalho em equipe. “É uma preparação para a alfabetização, para o recorte, quando precisarei da pulsão para a escrita e todas as atividades que trabalham motricidade fina. A partir dessas práticas, os alunos vão desenvolvendo e aprimorando”.


A educadora física da Apae de Teutônia, Évelin Pacheco, adorou a iniciativa da instituição de Lajeado. “Foi um dia muito interessante que promoveu a integração dos professores, a troca de experiências e conseguimos rever muito do que vivenciamos na graduação, mas na prática e com as crianças. Essas atividades ajudam na vida diária dos nossos alunos. Desenvolvem a motricidade fina e ampla que é tão importante, independente das dificuldades deles”.


Posts Em Destaque
Posts Recentes