Lajeado realiza Conferência Municipal de Assistência Social

Na tarde do dia 26 de julho a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) sediou a 12a Conferência Municipal de Assistência Social. Aproximadamente 100 pessoas participaram do evento com o tema “Garantia dos Direitos no Fortalecimento do SUAS”. A Conferência contou com uma mesa redonda e a palestra da assistente social, mestre em políticas sociais Léa Maria Biasi. A abertura do evento foi com a apresentação do Grupo da Terceira Idade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS).

Segundo a presidente do conselho municipal de assistência social, Fátima Luciane Leal Machado, a Conferência é um momento importante para avaliar, debater, conversar sobre a política de assistência social e propor novas diretrizes e possibilidades de serviços para a melhoria da política no munícipio. “Esse ano a inovação foi incentivar que as entidades realizassem uma pré-conferência para conversarem com os usuários sobre a conferência, a importância do espaço e a partir disso buscarem propostas para ter um alinhamento e definição”, diz.

A Conferência Estadual será em novembro e até a data serão eleitas cinco propostas para o município, cinco propostas para o governo estadual e cinco para união, que é o governo federal. “Esse é um momento bem importante. Amanhã queremos pensar nas propostas que serão levadas para a Conferência Estadual”, conta. A 11a Conferência Nacional será realizada de 5 a 8 de dezembro de 2017 em Brasília/DF.

Palestra - A palestrante Léa Maria Biasi conversou sobre a política de assistência social, que é um direito do cidadão e dever do estado. Conforme ela a partir da constituição federal de 1988, foram conhecidos os direitos sociais que a população brasileira tem. “Um desses direitos é o acesso aos programas, serviços e benefícios da política de assistência social. Infelizmente atualmente o governo federal vem encaminhando propostas onde os direitos na política de assistência social estão sendo atingidos, então por isso a escolha desse tema, para vermos de que forma manter os direitos da politica de assistência social a começar pelos benefícios”, destaca.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo